quinta-feira, 13 de junho de 2013

Passado quase 8 meses voltei...

Ao mesmo trabalho que tinha antes de substituir uma colega que esteve em licença de maternindade. Não é como se já tivessem passado anos, ainda me lembro de quase tudo mas há pormenores que falham...tem a sua piada. Mas se estou contente? Sinceramente não. Quando mudo sinto sempre que é definitivo, não faço nada pela metade, cortei por completo com as antigas funções e assumi novas. Gostei do que aprendi, gostei dos colegas, no geral gostei bastante e portanto gostaria de lá continuar. Mas nem sempre é possível quando não há vagas para todos e então lá retomei as antigas funções. Primeiras impressões...está tudo igual. TUDO igual. Já vi que se em 8 meses nada mudou então é porque não muda mesmo. O que é pena, porque eu não gosto de monotonia, eu gosto de desafios, gosto de estar ocupada com coisas interessantes. E sinceramente mais do mesmo não era o que me apetecia nesta fase em que passei por um período grande de aprendizagem. Mas é como digo sempre, num sítio em que tudo muda num piscar de olhos não se pode esperar ficar intocável num determinado lugar. Tudo muda e muda rápido, resta-me esperar pela próxima mudança que me afecte directamente e pronto lá vou eu toda contente.
Por agora vou fazendo o que já sei fazer, sem surpresas ou dificuldades acrescidas. Não é mau de todo, tem as suas vantagens e dá-me algum sossego. Se dá.

2 comentários:

  1. Aconteceu-me o mm depois de 6 meses a substituir uma colega. Antes estava com dúvidas em ir, depois fiquei triste por voltar. Muito que aprendi e adorei no final de contas. Balanço positivo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho que é sempre assim, primeiro temos dúvidas em ir e depois acabamos por gostar e até ficar tristes por acabar :/ Mas pronto é mesmo assim.

      Eliminar