quinta-feira, 18 de agosto de 2016

A Mãe já vai...mas o Pai também lá está!

É certo que a mãe é de facto fundamental para o bebé, mas e o pai nisto tudo?
Eu tenho de dizer que o meu bebé tem o melhor pai do mundo. É certo.
Mas o que para mim é ainda mais certo é que o pai é fundamental para o bebé mas é também muito fundamental para a mãe. Eu precisei muito do meu marido quando viemos para casa com o nosso bebé. Viemos para o desconhecido. Viemos com receio mas com muita coragem. Viemos com muita força e vontade de amar aquele ser pequeno mas tão grande. E viemos sobretudo felizes.
Mas os primeiros dias são dias que assustam. Muito choro, muitas dúvidas, muitos medos e muita adrenalina.
E foi principalmente nesses primeiros dias que eu senti o apoio e a força do pai do meu filho. Estávamos os dois no mesmo barco mas era a ele que eu ia buscar mais força porque ele estava mais calmo e mais sereno. Estava mais tranquilo, embora eu imagino como ele estaria por dentro. Eu confesso que tive momentos em que fiquei fragilizada e precisei muito daquele apoio. Acredito mesmo que a minha convicção de hoje, a minha certeza e confiança com que estou com o meu bebé, derivam muito daqueles primeiros momentos em que tive tanto apoio. E conseguimos fazer tudo tranquilos na medida do possível.
Por isso este post é uma homenagem a ele, ao pai do meu filho, ao meu marido, ao meu amor. Estamos juntos neste que é o nosso melhor e maior feito, a nossa alegria, a nossa vida.
Obrigada meu amor.

Sem comentários:

Enviar um comentário