quinta-feira, 29 de dezembro de 2016

Escritadela e tu como andas?

Pois é ainda por aqui ando.
Em silêncio vou passando pelos blogues, acompanho de longe as novidades, as alegrias e a certeza de que a vida continua. Em silêncio mas quase sempre com algo a dizer e por isso voltei.
É com alegria que dou os parabéns à autora do blogue "asminhaspequenascoisas" pelo bebé :-) é das notícias mais felizes que podemos dar e receber e é verdadeiramente o momento mais lindo que se pode viver. Parabéns futura mamã!

E agora...a ecritadela como está?
Ora bem, estou imensamente feliz com o meu bebé que está a crescer a olhos vistos e parece que foi ontem que ele nasceu. Sinto-me quase em forma apesar de ainda não ter passado um ano desde a gravidez. Embora este quase seja um QUASE bem grande porque poderia estar bem melhor se fizesse exercício...mas isso são outros quinhentos :-D
Estou de uma forma geral realizada na minha pele, sobretudo no papel de mãe onde acho que estou confortável e a sair-me bem (só saberei mesmo quando o meu filho falar, mas até lá acredito que não estou a errar muito :-)).

Mas sinto que a felicidade podia ser ainda maior, porque há sempre algum acontecimento triste que nos deita por momentos para baixo.
Alguém que parte e deixa a saudade e o ter de continuar a vida como se nada tivesse mudado, quando para quem ficou muda tudo embora o mundo pareça continuar igual :-(.
Assuntos chatos para tratar que parece que nos tiram parte da vida e a alegria.
Discussões que por mais que se tente evitar parecem inevitáveis e nos dão uma dor de cabeça enorme.
Dúvidas que nos atormentam às vezes sobre como viver a nossa própria vida porque há demasiadas condicionantes para decidirmos apenas por nós e de acordo com o que queremos. Nestas alturas dava jeito ser apenas e só egoísta.
Enfim, acho que a lista poderia continuar porque estamos no fim do ano e a tendência para fazer um balanço é enorme, mas fico por aqui. Até porque para mim, pessoalmente, o ano de 2016 foi dos melhores anos que poderia ter tido. O meu bebé nasceu e veio juntar-se à nossa vida que faz ainda mais sentido agora. Por isto e sobretudo por isto, o meu balanço é positivo. Não poderia ser de outra forma.
Ouvimos dizer que este ano está a ser dramático pelo número de falecimentos, em diversas áreas, que ocorreram. Mas a verdade é que para muitas famílias, que tiveram os seus bebés este ano, está a ser o ANO maravilhoso que pediram. E a vida também é isto.

E pronto, Um Feliz 2017 para todos!
Cá nos encontraremos, mais ou menos vezes, mas sempre com vontade de escrever e partilhar ;-)

Sem comentários:

Enviar um comentário