quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

As 50 sombras mais negras...ou escuritas vá

Estava até com alguma expectativa em relação ao segundo filme que tanto deu que falar quando surgiu o primeiro. Mas a verdade é que não achei nada demais, achei até de menos :/ em vez de sombras negras vimos umas sombritas mais escuras. Mas só.
Até ao intervalo aquilo que eu pensava era que estava a ser uma seca e já estava a chorar o dinheiro que dei pelo bilhete. Depois na segunda parte melhorou qualquer coisa mas ainda assim não foi um filme marcante, muito menos marcante que o primeiro, e esse já não tinha sido por aí além.
O que me pareceu é que o ator tinha perdido a personagem. Aquele não era o Christian Grey do primeiro filme. Depois percebi que talvez fosse essa a intenção, mostrar o outro lado, as tais sombras. Mas foi fraquinho. Acredito que haja quem tenha gostado e não tenho nada contra, mas eu confesso que estava à espera que fosse um pouco melhor.
Agora percebo aquilo que quem leu os livros diz. Dizem que não é uma boa leitura e muito menos uma boa literatura (quanto a isso não sei porque não li). Mas as voltas que a autora deu na história não são boas. Acho que ela teve uma boa ideia mas não a conseguiu concretizar.



2 comentários:

  1. Li uma noticia algures que dizia que o ator já não queria mais desempenhar esse papel e que apenas fez este filme para crumprir contrato. O tal distanciamento que falas pode ter sido por isso. Fez o filme contrariado.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pode ser. Achei mesmo que alguma coisa não estava igual e pode mesmo ser por isso :/

      Eliminar