quarta-feira, 31 de julho de 2013

Ainda das amizades...

Eu sou uma pessoa de poucos amigos, daqueles verdadeiros que estão sempre lá para o que for preciso...às vezes nem sei se tenho. As amizades não são nada fáceis, tem de haver uma entrega e uma disponibilidade que nem sempre temos, e por causa disso começam as cobranças ou as frases do tipo "tu nunca dizes nada", "agora já nem queres saber de mim", "estás muito independente"...essas coisas que todos ouvimos uma ou outra vez. Mas será motivo para chatices ou zangas que parecem não ter solução? Acabar uma amizade de anos por quase nada?
Faz-me tanta confusão que a maioria das vezes até prefiro nem pensar nisso. Mas quando me dá para pensar entro num estado que não gosto, fico triste, não queria que fosse assim. Não gosto de perder um amigo, não gosto de descobrir que um amigo afinal não é assim tão amigo, não gosto de não gostar disso e não gosto de não ter a solução para isso.
Não gosto.
 

2 comentários:

  1. Também sou como tu: poucas mas boas. Gosto de saber que tenho ali aquela pessoa que me adora e está sempre comigo.
    Mas por vezes as amizades terminam, mesmo as mais fortes.
    Kiss!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Allô de novo! Escrevi hoje um post no meu blog em que te menciono, e que gostava muito que lesses. :)

      Beijinhos.

      Eliminar