Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de 2018

Frase Linda!!

Adoro esta frase:

Mamã já tiveste um sonho? Já. E agora? Agora ele está ao meu lado a fazer-me perguntas.

Atualização :)

O que tem acontecido? Ora bem... - O mês de Junho é um dos meus meses favoritos de sempre; É o mês do meu aniversário e de outras celebrações; É um mês geralmente quente embora este ano esteja estranho; E por isso este mês tenho sido feliz; - A barriga continua a crescer a olhos vistos e parece-me que cheguei cedo à fase de parece que vou explodir a qualquer momento :D; - O meu menino está cada vez mais crescido e já me parece um rapazinho grande; Mas só tem 2 anos, o que é assustador e lindo ao mesmo tempo; - As minhas séries no momento são "Altered Carbon" -> estou a gostar, é assim meio estranho meio futurista mas acho que é boa no geral; "Por Treze Razões" -> que me desculpem os que adoram esta série mas até ver eu apenas acho que é muito teenager para o meu gosto e apesar de perceber os temas dramáticos que aborda, acho que em muitos casos apenas parece só "drama" de adolescente (não querendo diminuir obviamente os problemas sérios que muitos passam…

Segunda gravidez :)

Eu adoro estar grávida.
Por mim estava sempre grávida, caso isso fosse possiível :D pronto sempre também não, mas a verdade é que adoro mesmo. Um dia destes estava num workshop e o orador perguntava qual a gravidez que custa mais, se a primeira ou a que se está no momento, porque ao que parece nós temos tendência a esquecer e o problemático e mais difícil e então toda a gente responde que é a segunda gravidez mais difícil. Mas eu pensei para mim...não sei qual é a mais difícil...porque não acho nada que seja problemático. Porque eu adoro. Adorei a primeira e estou a adorar a segunda. Não consigo responder. Diferenças na gravidez? Notei muitas. Enjoos que não fazia ideia o que eram desta vez já sei (mas já passou!) e um cansaço muito maior, mais sono no geral, dificuldade em caminhar quase desde o início da barriga. Mas ainda assim posso dizer que é um estado de graça maravilhoso. Em termos de preocupações se o bebé está bem, se tudo está a correr bem e se vai correr bem o resto da gravide…

Anatomia de Grey - o Dr. Avery!

Não sei se já viram o último episódio da Anatomia de Grey mas digo-vos que têm de se preparar porque vai ser incrível. Para mim este episódio tem uma das melhores cenas do ator Jesse Williams (Dr. Jackson Avery) que já vi. Acho que ele é bom ator, mas assim mais para o normal do que para o extraordinário. O que lhe dá o destaque é mesmo aquele bom aspeto dele :) Mas eu não estava a contar com tamanha entrega dele, tão real, eu estremeci toda ao ver aquela cena. Não vou contar para não vos estragar nada mas que é brutal é. Tenham lenços por perto. Promete.

E acabou o Eurovisão

E pronto está escolhido o vencedor e como li algures...tudo voltou ao seu lugar, à normalidade...Portugal ficou em último e deverá certamente demorar muito tempo até voltarmos a uma final. Se bem se lembram no ano anterior (e anteriores) ao Salvador ganhar nós não estivemos sequer na final. Por isso, pensando bem, ficar em último pelo menos significa que lá estivemos :) e na maioria das vezes com uma vitória numa semi-final. Vamos ver quando será a próxima vez. Vou deixar aqui um apelo à Carolina Deslandes, quem acho que tem imenso potencial para fazer uma música e nos colocar de novo numa final e quem sabe até ganhá-la. Carolina que dizes? ;)

A Daniela no Eurovisão

Ontem vi partes da primeira semi-final do Festival da Eurovisão e fiquei muito desiludida quando deparei com a nossa Daniela Ruah vestida como um homem :( O que foi aquilo? Como é que passamos disto: Daniela em modo Mulherão!!  Para isto:
Não consigo perceber. Todas de vestido menos a Daniela?!  A nossa estrela que mais internacional não há?!
Custa-me acreditar que a vestiram assim. Ela pode ter um porte mais atlético que as outras, pode ser em algumas coisas mais masculina mas por favor...ela com o vestido certo dá 10 a zero a qualquer uma. E isto deixou-me irritada. De resto gostei de quase tudo, foi uma coisa bem feita e ao nível do que se faz lá fora. Acho que não fizemos feio e isso é coisa para nos deixar orgulhosos.

La Casa de Papel

Já muito se escreveu sobre a série mais falada do momento mas ainda poderá haver o que dizer e nunca é demais falar deste fenómeno :-). Sim trata-se de um fenómeno muito à custa do empurrão da Netflix mas não podemos dizer que não é merecido. Acabei de ver todos os episódios (atenção que poderá haver spoiler mais para baixo) e confesso que não me sentia tão envolvida numa série desde o Prison Break (temporada 1) ou Breaking Bad (quando resolvi ver, o que já foi um pouco tarde). Esta Casa de Papel agarra desde o primeiro minuto e deixa-nos sempre, a cada episódio, com aquele bichinho de ver o que por aí vem. Estamos a falar de uma série em espanhol (vejam o original porque vale mesmo a pena), lingua à qual não estamos habituados nas séries, pois o maior consumo que temos são as séries americanas e portanto estamos formatados para o inglês. Mas dá para perceber o bom que são os atores. Mas que bons que são. Todos sem excepção. Adoro o professor, aquela voz, aquela serenidade e aquele céreb…

Bebé de 2 anos passa a Rapazinho!

Pois é, pais com filhos de 2 anos, nós também já lá chegamos. Ouvir o pediatra a dizer, pronto papás agora o bebé já não é bebé e é preciso trata-lo como um rapazinho. Como?! Mas quando é que isso aconteceu?! Imagino que seja esta a reação de todos os pais :D o nosso bebé afinal já não é assim tão bebé. E isso assusta. A rapidez com que tudo acontece é tanta que não nos permite assimilar. Eu e o meu marido já tratavamos o nosso filho como um rapazinho desde sempre, ou seja, aquela coisa de "infantilizar" as crianças nunca tivemos. Sempre falamos com ele como falamos um com o outro. Não usamos diminutivos de palavras, não falamos "mal" nenhuma palavra, isto para que ele conseguisse sempre assimilar as palavras e os conceitos corretamente, embora, claro não os conseguisse dizer ainda bem quando os tentava pronunciar. Nunca falamos como um "bebé". Nunca. Ele sempre nos ouviu falar normal e hoje em dia, com dois anos, fala muito bem tudo o que diz, há palavras qu…

"H&M" e os "Mee too" desta vida

Estamos numa altura perigosa. Uma altura em que não existe preconceito às claras mas sim disfarçado. Uma altura em que parece que andamos todos preocupados com o próximo mas se calhar não é bem assim. Uma altura em que se fazem movimentos e se aproveitam grandes eventos com extrema visibilidade para fazer discursos "inspiradores". Uma altura em que se aponta o dedo primeiro e só depois se reflete. Ontem apareceu-nos a notícia da H&M e da famosa camisola verde com a frase "o macaco mais fixe da selva" (em inglês) a ser vestida por uma criança de cor. Todo um alarido pela questão racial envolvida e do preconceito que não existe existindo. Vi a camisola antes de saber da polémica e não me suscitou nenhum tipo de pensamento. Nenhum. E li um comentário de alguém que dizia "que camisola fixe para eu oferecer ao meu irmão; sem nunca reparar na cor de quem a vestia". Pois é isso mesmo. Porquê reparar? Em quê? É por isso que estamos numa altura perigosa. Basta alguém…