Avançar para o conteúdo principal

Desabafo sobre maus colegas :(

No trabalho encontramos de tudo.
Bons, muito bons, maus e muito maus colegas. Mas eu não entendo o porquê de alguém ser um mau colega. Quando se trabalha em equipa, mesmo nos casos em que 90% do trabalho é individual, os outros 10% são em equipa, logo devíamos todos ter a mesma postura e tentar trabalhar bem em nome de um resultado positivo e bom para todos. Mas não. Não é assim que pensam os maus colegas e os muito maus nem sabem o que isso é :/
E isso desanima. Desanima porque dá vontade de não trabalhar com essas pessoas. Dá vontade de dizer "ora bem como tu não vais mudar então mudo eu" e a solução muitas vezes passa por mudar mesmo. Não digo de emprego (porque encontrar outro não é fácil) mas mudar de alguma forma de tarefas e sobretudo de colegas (nos casos em que isso é possível). Nos casos em que não é possível nem imagino como se supera essas dificuldades.
E o que faz um mau colega? Tenta passar por cima de ti, mostrar-se a todo custo, mesmo que isso implique rebaixar alguém e vai fazê-lo sem qualquer peso na consciência. Se o chefe está presente o mau colega até dá pulinhos porque vai realçar aquilo que fez, não através do seu trabalho ou do seu talento, mas sim através de um erro ou má decisão de outro colega. O mau colega adora isto.
E porquê? Porque não consegue mais. Mas será que um dia alguém lhe paga na mesma moeda? Não. Há casos em que nunca chegam a sentir na pele o que fazem os outros sentir. E é triste. É sobretudo muito triste.

Comentários

  1. Felizmente não sei o que isso é.
    Pelo menos até agora nunca me deparei com colegas desse género.
    Acredito no karma e no que cá se faz, cá se paga. O destino encarrega-se de mostrar a essas pessoas o que fizeram.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Esperemos que sim. Não desejo mal a ninguém, mas infelizmente às vezes só aprendem quando vivem o mesmo :/

      Eliminar
  2. Gente sem carácter há em todo o lado. E a luta por agradar tem muita influência
    Kis :=}

    ResponderEliminar
  3. Nem vou falar do meu local de trabalho... até dói pensar!

    ResponderEliminar
  4. Ui, é um pouco como a família onde nascemos: é preciso ter sorte, neste caso com os colegas de trabalho. Mas se consegues evitar trabalhar directamente com esses colegas, já tens muita sorte. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É mesmo preciso ter sorte. Tem alturas em que dá para evitar mas isso implica uma decisãod e mudança...que nem sempre é fácil de tomar :/

      Eliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Clínica Privada (última temporada) :-(

Então não é que a temporada 6 da Clínica Privada que começou este mês é a última temporada?!  Fiquei triste porque esta é uma das séries que vejo religiosamente desde o primeiro episódio que deu em conjunto com a Anatomia de Grey, e agora vai acabar :( A Kate Walsh, que faz a personagem principal Dra. Addison Montgomery, anunciou a sua saída da série no final desta temporada e então a criadora Shonda Rhimes não teve outra hipótese a não ser "acabar" com a série pois sem a personagem principal esta não fazia sentido e já tinham atingido o ponto alto de criatividade neste trabalho. Não foi bem isto que ela disse mas foi isto que eu percebi e concordo porque de facto já não ia ser a mesma coisa, para mim "Clínica Privada" é sinónimo de "Dra. Addison Montgomery".

Mas, por outras razões, a Shonda Rhimes tem sido alvo de duras críticas por decidir "matar" algumas personagens pelo facto de os actores quererem abandonar as séries, segundo os críticos exist…

Clínica Privada - Final

No seguimento deste post estou agora em condições de falar sobre o final da série Clínica Privada uma das minhas séries de eleição nos últimos tempos. E a qual fiquei muito desgostosa ao saber que esta ia ser a última temporada.
Mas tenho a dizer que Adorei esta temporada, deu o merecido destaque a cada personagem, fazendo até uma espécie de homenagem a cada um. No geral gostei do final de todas com excepção da personagem Sam Bennett, porque acho que não fez sentido aquele voltar ao passado quando no presente ele tinha tido uma segunda oportunidade com uma personagem que merecia um final feliz apesar de ter aparecido pouco na série (tentei não revelar muito para quem ainda não viu e quer surpreender-se :) )mas não foi isso que aconteceu e deixou-me um bocado chateada. Mas fora isso gostei mesmo muito do desenrolar da história, continuei a adorar a personagem Jake Reilly e a gostar cada vez mais da Charlotte King (grande actriz). E claro a sempre espectacular Addison que continuo a acredi…

Frase Linda!!

Adoro esta frase:

Mamã já tiveste um sonho? Já. E agora? Agora ele está ao meu lado a fazer-me perguntas.